Você trabalha com quantidades?

Sim!

Mas, tem uma pergunta que não cabe ao trabalho artesanal: vc trabalha com atacado? Como a palavra se refere a preços menores, por envolverem quantidade maiores, eu respondo: não.

Explico…

Para mim, veja bem, para mim …que sou a pessoa que faz todas as peças deste pequeno perfil, que trabalha sozinha e que lida com perdas, ( de 10 a 15% )  em cada processo, as vezes mais ou menos. E além das taxas legais, como o aumento da luz em 52% neste mês de julho e toda a morosidade que envolve o trabalho artesanal. Não consigo reduzir em 30% ou 40% os preços de minhas peças.

Hoje uma peça de cerâmica é mais demorada para sair das minhas mãos. Muitas delas tem até 15 etapas. E esse tempo, que é o meu tempo junto a peça não tem desconto.

Esse tipo de lógica de atacado e varejo é funcional para uma fábrica; com muito maquinário, gente e produções enormes de diversos modelos. Quando dedico meu tempo ao fazer uma encomenda deste porte (+ de 200 modelos)  todos os outros meus projetos param. Pois a minha dedicação é exclusiva para o projeto da encomenda. Aqui fiquei quase 2 meses para fazer a entrega dessas árvores.

Para um único ser que produz e faz todo o trabalho… essa lógica não funciona, e nisso volto a Cacilda Becker ” não queiram que eu dê de graça a única coisa que tenho para vender”

#ceramicapatriciahenriques #ceramica #arvores #manual #encomenda #atacado #varejo